Incrível!! Uma lista de 50 Opções Pelo Mundo Para Levar Seus Alunos Para Uma Excursão Virtual

 Olá colegas!!!


Em tempos de pandemia fica difícil programar uma excursão com os alunos, não é verdade? Mas isso não quer dizer que você não possa visitar lugares incríveis. O conceito de visita virtual nos permite usufruir de benefícios que seriam impossíveis se dependêssemos só de oportunidades de visitas físicas.

Já fizemos uma postagem sobre 80 museus que podem ser visitados de forma virtual, se você ainda não conhece essa postagem, clique aqui e aproveite!



Hoje eu trago uma lista de outros lugares que podem ser úteis para várias disciplinas e que permitem visitas virtuais. Você tanto pode fazer a visita com os alunos na sala de informática, como também pode dar um roteiro para que eles façam a visita fora do horário de aula e elaborem um trabalho, relatórios ou algo parecido. 

Você pode pedir ainda que eles localizem certos assuntos que são relevantes para o conteúdo que você está abordando ou que eles tragam algo novo que tenha relação com o seu conteúdo. Não esqueça de que é importante que você mesmo faça a visita virtual com antecedência para que possa melhor orientar seus alunos.

Também é uma boa dica se você for professor eventual/substituto, pois você pode abordar diversos temas em cada um desses lugares, ou ainda usar para falar sobre temas transversais. Se você for professor substituto clique aqui e veja uma lista com dezenas de atividades que você pode propor aos alunos.

Em vários links, você pode usar os óculos de realidade virtual. Já escrevemos um post sobre isso aqui no blog, dá uma olhada clicando aqui pra ter mais ideias.

Por fim, uma outra forma de usar esses links é trabalhar com professores(as) de outras disciplinas e aprofundando mais os temas. Eu sempre tenho a percepção de que quando 2 ou mais disciplinas se unem os alunos tem a tendência de se aproximar ainda mais dos conteúdos.

Muitos sites gringos, então na se esqueça de habilitar o tradutor do seu navegador para facilitar pra você e para os alunos. No Chrome esse comando fica no canto superior direito do navegador.

Enfim, vamos para a lista de lugares que você pode visitar virtualmente com seus alunos.

Boa viagem

1 -  Zoológico Maryland - EUA

Aqui existem câmeras ao vivo para ver elefantes, leões, pinguins, flamingos (em extinção do BR) entre vários outros animais


2 - Zoológico de San Diego

Várias câmeras ao vivo também, além de um tour virtual 360°


3 - Savana Africana

Esse é demais, um canal com diversas câmeras ao vivo espalhadas por diversos lugares da savana africana onde a gente pode acompanhar os movimentos de diversos tipos de animais selvagens em seu habitat natural


4 - Museu de História Natural de Washington

Já viu aquele filme "Uma noite no museu"? Pois é... é deste museu que estamos falando. Um dos mais famosos dos Estados Unidos e uma das coleções de História Natural mais ricas do mundo.


5 - Museu do Amanhã

Fica no Rio de Janeiro, um museu de ciências que aborda os desafios vindouros com os quais a humanidade deverá se deparar!!


6 - Monterey Bay Aquarium

Várias câmeras ligadas para que a gente possa acompanhar a rotina de diversos animais aquáticos.


7 - Grande Muralha da China

É isso mesmo, fantástico!! A dica aqui é usar os óculos de realidade virtual


8 - A Grande Barreira de Corais

Localizada na Austrália, é o maior recife do mundo e pode até ser identificado do espaço. Incrível


9 - Floresta Amazônica

Feito com o Google Street View, este tour permite a você iniciar o passeio numa canos no Rio Mariepauá, mas não é só isso. Você poderá visitar aldeias indigenas, adentrar trilhas na selva e até subir em copas de árvores para ver a vista. Olha que oportunidade. Topa?


(link patrocinado)

10 -Google Street Art

Ainda usando uma ferramenta do Google, neste endereço você poderá visitar pinturas e grafites de diversas partes do mundo expostas nas ruas. Um tesouro.


11 - National Air and Space Museus - Washington

Um museu super diferente, que conta a história da aviação e das viagens espaciais estadunidenses. Uma experiência única!!


12 - Capela Sistina

Dispensa apresentações, né? Que tal apresentar pros seus alunos os famosíssimos afrescos de Michelângelo no teto da Capela?


13 - Museu de Anne Frank

Mostra o interior da residência onde ficou escondida a autora do famoso diário. 


14 - Parque Nacional Yosemite

É o parque mais visitado da Califórnia e um dos mais visitados dos EUA com paisagens de tirar o fôlego, mostra as sequóias gigantes, trilhas incríveis e é considerado patrimônio da humanidade.


15 - Parques Nacionais dos EUA

O site traz a possibilidade de explorar 8 dos parques nacionais estadunidenses, entre eles Yellowstone e o Grand Canyon. Um tesouro para os professores de biologia e geografia!!


16 - Museu Oscar Niemeyer

Tour virtual pelo museu localizado no Paraná com acesso a todas as galerias e aos jardins.


17 - Museu Casa Portinari

É a residência onde Portinari viveu e realizou diversas das suas experiências de pintura. Inclui visão 360° por todas as áreas do museu.


18 - Museu de Zoologia da USP

Com um tour em 360° essa visita é riquíssima. O Museu é considerado o maior do tipo na América Latina.


19 - Museu Nacional de Antropologia do México

Com uma coleção única sobre os povos Astecas e Maias, conta inclusive com o famoso calendário Maia, conhecido no mundo todo, além de várias estátuas e objetos originárias destes povos


20 - Museu Met - NovaYork

Visita imersiva em 360° pelas principais galerias do museu, incluindo um passeio pelo Templo de Dendur, construído no século 15 a.C e reconstruído dentro do próprio museu.


21 - Museu de Belas Artes de Boston


22 - Getty Museum de Los Angeles


23 - Museu da Força Aérea dos Estados Unidos


24 - Langley Reserch Center

Museu da Nasa que aborda ciências atmosféricas e aeronáuticas.


25 - Glenn Reseaarch Center

Também museu da Nasa onde é possível visitar angares e outras curiosidades da pesquisa espacial


(link patrocinado)


26 - Instituto Inhotim

Tour virtual pela exposição incrível localizada em Brumadinho


27 - Guggenheim

Uma experiência imersiva fantástica nesta instituição Novaiorquina


28 - Aquário da Geórgia

Mais uma experiência fantástica debaixo d´agua


29 - Galeria Nacional de Londres

Um dos mais famosos museus do mundo disponibiliza toda sua coleção. Imperdível!!


30 - Hotel Legoland

Parque temático localizado na DInamarca. 


31 - Torrei Eiffel

Mais uma atração trazida pela google. Aqui você visita a torre e curte o visual 360° da torre.


32 - Teatro Municipal do Rio de Janeiro

Um passeio virtual por um dos mais importantes Teatros Municipais do Brasil.


33 - Pinacoteca de São Paulo

Um passeio por um dos acervos mais importantes de obras de arte de São Paulo com mais de 9mil obras


34 - Tour Virtual pela Capadócia

Passeio virtual imperdível incluindo passeio pelos balões com imagens impressionantes.


35 - Túmulo de Menna

Localizada na Necrópole de Tebas, túmulo datado da 18° dinastia Egipcia, aproximadamente do ano 3000 a.C.


36 - Túmulo da Rainha Meresank

Túmulo de uma rainha localizado na Necrópole de Giza bem perto do planalto de Gizé


37 - Pirâmide de Djoser

Uma das primeiras pirâmides construídas no antigo Egito


38 - Tour pelo Egito

Aqui diversos locais históricos no Egito que disponibilizam tour virtual. Imperdível


39 - Parque Nacional Uluru-Kata Tjuta

Localizado na Austrália, o parque é um reduto dos Aborígenes Anangu, a visita inclui histórias e músicas desta etnia.


40 - Universal Studios

Tour virtual por um dos mais emblemáticos estúdios de cinema do mundo


41 - Disney World

Vários panoramas em 360° de um dos parques temáticos mais conhecidos do mundo.


42 - Geleira Petito Moreno

Uma famosa geleira na Patagônia é mostrada por panoramas de 360° e traz imagens incríveis


43 - Machi Picchu

Vários panoramas de 360° da famosa cidade Inca localizada no Peru. Viagem imperdível.


44 - Cidade de Petra

Localizada na Jordânia, o local foi construído a mais de 2000 anos.


45 - Chichen Itza

Cidade Maia onde a Pirâmide do Sol tem uma escadaria que foi feita para que 2 vezes por ano a incidência do Sol crie uma sobra de serpente descendo as escadarias.


46 - Marte

Pois é.... a superfície do planeta Marte em panoramas 360° na forma como foi gravada pelo rover Curiosity da Nasa.


Bônus: Passeios de trem por estradas de ferro incríveis pelo mundo

Linha de Bernina - Uma das ferrovias mais bonitas e únicas da Suíça e patrimônio da Unesco.A ferrovia Bernina estabelece alguns recordes, incluindo ser a travessia ferroviária alpina mais alta da Europa (2253m), a ferrovia de adesão mais alta do continente, a ferrovia a céu aberto com a maior diferença de altura (1824m) e, além disso, uma das ferrovias de adesão mais íngremes ( ferrovia convencional sem engrenagens) em todo o mundo, com inclinações de até 7%.

Linha de Nagaragawa -  O passeio apresenta  paisagens rurais da região de Gifu, no Japão.

A ferrovia que conecta Belgrado, capital da Sérvia, até Bar, em Montenegro - Um passeio por todo o Montenegro, desde o Mar Adriático até as galerias e túneis na parte montanhosa do país.  O ponto mais baixo da linha férrea fica a 3m de altitude e localiza-se no Porto da Barra. A ferrovia então sobe lentamente até o túnel Sozina. O túnel Sozina, com 6171m de comprimento, é o túnel mais longo da linha Belgrado - Bar. Depois de passar pela montanha Rumija, a linha férrea serpenteia pelo vale do Lago Skadar. Até a linha férrea da cidade Podgorica está localizada na planície.

Ferrovia de Flam - Uma das atrações turísticas mais procuradas da Noruega. Paisagens lindas em vales rochosos que foram inucndados.


Ufa!!!

Espero que usem bem estes endereços


Se você gostou, compartilhe com outras pessoas, pois esta lista pode ser útil não só para professores, mas para diversas pessos!!


Deixe nos comentários o que achou da nossa lista.


Grande abraço





Diversos Cursos para Professores Grátis e Com Certificado!


Oi Gente!

Passamos hoje pra indicar um site muito bacana de cursos grátis, a maioria inclusive emite certificado!

Antes, gostaríamos de te convidar a adquirir o nosso Ebook com dicas práticas sobre como utilizar as novas tecnologias em sala de aula. Clique aqui e ajude nosso site a ficar no ar e compartilhar dicas entre professores!

Agora voltemos ao tema de hoje, por que este link que vamos te indicar vai ser útil não só na sua vida profissional mas também na sua vida cotidiana fora da escola!

É um site baseado no conceito MOOC, sigla cujo significado pode ser traduzido para o português como  Curso Online Aberto e Massivo, o que na definição dos autores são cursos de curta duração na web estruturados para incentivar muitos alunos de uma vez a adquirir conhecimento em determinado assunto.


Os cursos são produzidos pelo reconhecido Centro Paula Souza e são 11 até agora na plataforma do Centro, confira os cursos:

Arduíno

Autocad

Canvas

Felicidade

Gestão de Conflitos

Gestão de Pessoas

Gestão de Tempo

Mediação em EaD

Mercado de Trabalho e Vendas

Design Thinking

Clique na imagem para ser direcionado ao Mooc do Centro Paula Souza

Esperamos que tenham gostado da dica!

Se você já fez algum destes cursos, não esqueça de compartilhar conosco sua experiência!

Grande abraço e até a próxima!

Crie atividades pedagógicas usando jornais do mundo todo!

Olá colegas professores e professoras,

Em atividades onde os alunos devem criar jornais e folhetos, geralmente indico para a criação do material o Microsoft Publisher, por ser de fácil acesso e utilização! Mas recentemente uma aluna me fez uma pergunta que fugiu um pouco do corriqueiro, ela queria saber como são diagramados jornais em outros países, então fui procurar acesso a essa mídia e descobri sites com links para jornais e revistas do mundo todo, e foi o que me deu o impeto de escrever este artigo para compartilhar com vocês os achados e algumas ideias.

De qualquer forma a utilização de jornais e revistas é sempre um ótimo recurso para inúmeras atividades pedagógicas e vamos aproveitar a postagem para relembrar algumas ideias com você, professor e professora de como fazer uso destes recursos.

Antes eu queria te convidar para conhecer nosso livro digital. Nele apresentamos orientações valiosas que servem para todos os professores, independente se tem prática ou não no uso de tecnologia em suas aulas.
Clique aqui para conhecer um pouco mais sobre este livro digital.

Eu não sei você mas na minha infância quando haviam aulas usando jornais, e eram poucas, o jornal era sempre nacional. Imagine que agora temos a possibilidade de usar notícias atuais do mundo todo em nossas aulas. E aqui nem vou citar práticas que demandem impressão do conteúdo, por que a quantidade de atividades seria muito maior.


E não fique preocupado com o idioma dos jornais. 
Basta usar o navegador Google Chrome, pois ele tem um botão na barra de navegação que traduz para o português a maioria das páginas mostradas.Claro que você também pode configurar para não traduzir.. a escolha é sua!


Abaixo esta a lista de 5 sites que trazem cada um, diversos links de mídia internacional que podem ser usados para diversas finalidades em diversos ciclos do ensino fundamental e médio e também no ensino de idiomas.












E o que se pode fazer com esses links?
Faremos uma lista abaixo de algumas formas úteis de utilizá-los!
Comum a todas estas dicas, é o fato de que podem ser executadas por professores e professoras de todas as disciplinas e também tem a vantagem de poder encontrar notícias em outros países, o que traz outro ponto de vista sempre muito curioso para nossa cultura.


1 - Traga novidades constantemente
 Pesquise sobre temas que possam ser inseridos em sua aula e traga mais vezes à pauta. O contato com a leitura é sempre bom e o contato com a mídia pode gerar muita reflexão sobre como as notícias são levantadas entre outras questões. Trabalhar com jornais e rádios é uma atividade que pode se repetir várias vezes.


2 - Trabalhe sempre a fonte da informação
Pode parecer algo fácil e até superficial, mas sabemos que o assunto é de suma importância para qualquer disciplina. Escolha um tema relevante e antes do conteúdo, discuta sobre os autores das publicações e sobre as características de seu tempo e região de origem.





3 - Reunião de Pauta
Você pode pedir por exemplo, que os alunos pesquisem uma vez por semana ou mensalmente, por temas relevantes ao conteúdo da sua disciplina e selecionem alguns para que sejam apresentados, discutidos ou aprendidos em aula


4 - Crie um Jornal mensal/bimestral
Pegando o gancho da ideia acima, você pode preparar um jornal bem legal com conteúdos de vários lugares do mundo referentes à sua disciplina. O resultado pode ser impresso ou até distribuído pelas redes sociais da escola.



5 - Crie uma Rádio
Pode ser uma rádio semanal ou diária, com notícias que os próprios alunos selecionam baseados em alguma preparação prévia. Pode ainda sair um canal de youtube ou uma feed de notícias rss.





Pois é gente, essas foram as ideias de hoje.


Colabore com o Projeto Professor Wifi, 
contribua com qualquer valor para que possamos manter nosso blog no ar, compartilhando dicas e auxiliando professores por todos os lugares!

Te peço a gentileza de compartilhar conosco ali nos comentários, sobre suas experiências que se relacionem com este tema, para que possa inclusive ajudar outros colegas quando vierem visitar o blog.

Grande abraço

Dê boas risadas com o Professor Iglesias

Oi gente!

Hoje trazemos uma indicação divertida, porque todo mundo merece e vai ajudar a esperar as férias que estão chegando!! Ou mesmo pra maratonar quando o recesso começar!

É uma série estilo sitcon da Netflix chamada Professor Iglesias!


O protagonista é um simpático professor de História chamado Gabriel Iglesias que é o nome real do humorista e roteirista que interpreta o personagem; também chamado de Gabe, ele dá aulas de História na mesma escola onde estudou de uma forma divertida e pouco convencional além de viver tentando proteger os alunos do vice-diretor que quer expulsar os estudantes de menor rendimento escolar, pois com as médias escolares maiores a especulação imobiliária aumenta os valores dos imoveis no entorno da escola e valoriza a região. Aliás o cenário é uma escola pública de Long Beach, então a presença de latinos tanto no elenco quanto nas sacadas é constante. Digo sacadas porque as vezes não são piadas e sim críticas, ou referências a situações políticas, étnicas ou culturais, que estão sempre inseridas no contexto dos episódios.

Gabe dá aula na mesma escola que estudou, inclusive o
personagem do ator RICHARD GANT, o mais velho da foto, foi professor do professor Iglesias

Os alunos estão sempre tentando se superar para não serem expulsos
pelo vice diretor!
Existe o núcleo dos alunos, que trazem uma aluna nerd que tem dificuldades em se comunicar, a aluna estudiosa que trabalha em 3 empregos, às vezes até na aula, e tem aqueles que a gente chama de "turma do fundão".... apesar de na sala do professor gabe a organização das cadeiras é bastante diferente!
Cursos Online com Certificado - Portal Educa
Fazem parte do núcleo principal também outros professores que juntamente com a Diretora e o Vice,juntos na sala dos professores ou na direção , nos fazem rir e muitas vezes nos identificar com as situações, todas cômicas.

É um humor leve, inteligente e totalmente dentro do contexto da nossa profissão, sim eles falam dos nossos baixos salários, das dificuldades que temos e ainda nos fazem dar risada disso tudo, ao menos até a próxima greve.

Grande abraço e deixe nos comentários sobre o que você achou da série!!

Mapa interativo de idiomas e dialetos!

E aí pessoal? o tema de hoje é muito divertido e pode ser útil na sua vida pessoal!!


Clique aqui e conheça o Localingual

Você sabe que o Brasil é um país de dimensões continentais, né? E que aqui temos diferentes dialetos de falar dependendo do estado da nação! Um dialeto é uma forma diferenciada específica de uma região ou grupo, em relação ao conjunto do idioma!


Já é divertido tentar entender e muitas vezes "decifrar" o que alguém de uma região diferente da sua está dizendo. Por exemplo verificar as diferenças de um falante de português em SP e outro falante que é de Alagoas!
Agora imagine perceber essa mesma diferença em outros países do mundo?

Qual a diferença do Frances falado no Canadá e aquele falado na Costa do Marfim? 

Clicando no mapa do Brasil por exemplo,
você pode escutar a diversidade de "sotaques"

A ideia parece ótima não é? Não só para professores de Língua Portuguesa, mas de outras matérias e principalmente para professores de idiomas!!

Cursos Online com Certificado - Portal EducaPois é, a ideia surgiu de um cara chamado David Ding, ex-engenheiro de softwares da Microsoft, que criou um site chamado "Localingual"!  Ele criou o site que possui um mapa interativo onde pode-se ouvir frases faladas por pessoas de inúmeros lugares do mundo e o mais legal, o mapa é editável!

Ao clicar em alguma região no mapa, o usuário recebe diversas opções para escutar os diferentes dialetos daquela região e até de compará-los com as pronúncias de outras localidades!


Você vai encontrar as frases escritas geralmente em inglês e no idioma que está procurando, e clicando no boneco escutará a pronúncia!!

O site já conta com mais de 20 mil gravações de usuários do mundo todo, mas ainda existem diversas localidades sem nada no registro, então quem sabe não seja aí da sua "quebrada"!?


Se você tiver uma ideia para um plano de aula utilizando essas informações por favor não deixe de deixar escrito nos comentários abaixo aqui no blog!

Desejamos a todos os professores e professoras boas férias, bom recesso ou simplesmente um ótimo mês de Julho para quem vai continuar na luta!!

Continuaremos com vocês por esses dias!!

"Mentes Perigosas" já viu esse filme?


Como prometido, uma vez por semana postaremos um review sobre algum filme sobre docência.

Acabamos de assistir, depois de alguns muitos anos, o filme Mentes Perigosas. Impressionante como as experiências que agregamos durante anos de docência, nos fazem pensar diferente.


Clique aqui e assista a um trailer legendado

O filme retrata a vida , as dificuldades e conquistas de uma professora que trabalha com adolescentes à margem da sociedade. 


A professora (Michelle Pfeiffer) se interessa por suas realidades, que através de conteúdo significativo tenta envolver seus alunos para que tenham prazer em aprender, os conflitos, a burocracia . São tantos temas trabalhados que valeu a pena rever.
A burocracia da Direção, o contato quase sempre difícil com os pais, a necessidade de sair da escola pra trabalhar ou pela gravidez.... são assuntos que aparecem e mostram o quão profunda é nossa relação com os alunos...

O filme é bastante idealista mas não é utópico. Todos nós na nossa carreira, temos exemplos para contar de alunos que conseguimos atingir, que conseguimos motivar. Mas ao final minha mente me levou para além dessa questão. Me perguntei: Será que é esse nosso papel quanto educadores? Será que precisamos nos envolver tão pessoalmente com as questões vivenciadas pelos nossos educandos? Será que dá pra ter um relacionamento estritamente profissional ?

A condição social, familiar, psicológica de nossos alunos interferem sempre no processo de ensino/aprendizagem. Muitas vezes conhecer as causas da indisciplina, da dificuldade em aprender nos ajuda a intervir.

O fato é que alheios nós nunca ficamos, mas quanto desgaste isso nos trás não é?

A realidade muitas vezes violenta que enfrentamos nos desmotiva, nos marca profundamente. Até que ponto podemos e devemos intervir? Será que temos consciência de que não temos a responsabilidade de salvar ? Não foi para isso que estudamos e nos formamos mas acabamos sendo também envolvidos pela mesma realidade que vitima nossos alunos, e a mesma que faz alguns deles serem violentos. Nos encontramos todos na mesma sala de aula.

O fazer docente de quem trabalha em regiões periféricas tem uma complexidade diferente, o currículo oculto, as experiências, dificuldades e impossibilidades enfrentadas pelos alunos afetam nosso trabalho e por vezes a nós mesmos e é comum fazermos o papel de assistentes sociais, psicólogos, única figura de autoridade para a criança ou adolescente. E quanto isso nos custa?!

Bem, sendo assim, penso que devemos nos valorizar ainda mais. Nosso trabalho é complexo, rico de energia empregada e conseguimos fazer muito com tão pouco que nos dão de recursos. 


          Você também pode querer ler estes artigos:

Parabéns professor e professora. No meio de toda essa desigualdade, ausência de possibilidade e de vontade política de fazer com que a educação e educadores sejam valorizados pelo essencial serviço que prestam a sociedade. Em meio a tudo isso, ainda conseguimos brilhar, realizar. Imagine se nos dessem mais!

Até a próxima!

Por Denise Desiderio

10 dicas para incentivar a leitura junto a seus alunos!



Nós que somos professoras e professores,concordamos que nossos alunos precisam ler. Mas como influenciá-los a ler em meio a um mundo com tantos estímulos tecnológicos?

E se conseguirmos aliar a leitura com esse universo tec? Vamos lá para as sugestões?


1 - Esqueça um livro

Esse projeto tanto eu quanto a Denise já realizamos e é baseado na campanha “Esqueça um livro e espalhe conhecimento” que viralizou em diversas cidades brasileiras. Nossos alunos também participaram. Criamos uma página no facebook e um nome para nosso projeto, tudo em conjunto com os alunos. Escrevemos um texto padrão, explicando o projeto, e que o objetivo era incentivar a leitura . No final do texto , pedimos que quem encontrasse o livro ,escrevesse na nossa página do facebook onde encontraram o livro, o que acharam da leitura e após a leitura onde o leitor pretendia esquecer o livro para que um próximo pudesse ter acesso.

Por fim, saímos com os alunos a “esquecer” os livros. Foi super divertido , mas o melhor foi receber as respostas de quem havia encontrado algum livro.

Os alunos ficaram super contentes com o reconhecimento das pessoas que encontraram os livros. Ficamos até mais ambiciosos, queríamos construir um mapa interativo com os lugares e títulos de livros que ali poderiam ser encontrados. Mapear toda a região e os leitores que encontraram e também esqueceram. Essa parte não deu tempo de fazer, mas vale a dica.



2 - Desafio dos 40 livros


A ideia é baseada nos livros da professora Donalyn MIller, que já tem vários livros publicados sobre como incentivar a leitura. Se trata de pegar uma folha e fazer uma tabela numerada onde o aluno vai colocar em cada linha o nome do livro que acabou de ler, uma micro resenha sobre o livro e dar uma nota, que pode ser números ou estrelinhas e etc., a tabela pode ser feita no Excel...

Aí esse desafio deve durar um ano, ou um semestre, depende aí da sua realidade. A professora Miller nos encoraja a tocar a atividade sem vincular a nenhuma avaliação.

Já ouvi relatos de professores que não vinculam o desafio a notas, trabalhos ou relatórios, estes acreditam que funciona melhor quando o aluno não se sente coagido a ler, e compreende o valor real da da leitura.

Donalyn Miller ensinou alunos do ensino fundamental e médio no nordeste do Texas e recebeu o prêmio Edmund J. Farrell Lifetime Achievement do TCTELA por sua contribuição à alfabetização. Ela é autora de vários livros sobre o envolvimento de crianças com leitura, incluindo The Book Whisperer e Reading in the Wild. 
Existem docentes que preferem atrelar a leitura a algum tipo de avaliação, pois acreditam que vai incentivar mais alunos. A parte negativa é que vai gerar mais "colas" para conseguir a nota e isso acaba marginalizando a importância real da leitura, priorizando a nota, que não vai refletir em um avanço realmente positivo.

Outra coisa, ela deu a ideia de 40 livros para leitura em um ano, mas você pode se adaptar à sua realidade, com mais ou menos leituras!!



3 - Leia apenas um trecho

Sobre o livro que você pretende adotar, selecione uma parte que possa refletir o tema que você quer abordar ou até a parte mais emocionante da publicação. A Denise fez isso esses dias quando daria uma aula sobre o Irã, ela usou o quadrinhos Persépolis e deu muito certo.

Pode ser um capítulo ou só um pequeno trecho da publicação, algo mais impactante.

Ajuda também se a publicação for na internet, pode ser por exemplo um trecho de uma publicação no Wattpad, ou um artigo de alguma publicação conceituada.



4 - Faça os alunos recomendarem os livros

Sabemos que um dos nossos trunfos com educadores é fazer com que o estudante , a estudante se sintam parte fundamental do processo . Pensando nisso indicamos projetos de recomendação de livros. Estudantes podem gravar vídeos, escrever blogs, páginas no face, enfim, você pode utilizar qualquer canal de divulgação para incentivá-los a compartilhar suas experiências e ao mesmo tempo incentivar outras pessoas a lerem.

Se fizerem vídeos podem precisar dessas dicas:
* Colega docente, crie vídeos divertidos com ANIMOTO
* Modelos de autorização para uso de imagem dos alunos

Você pode simplesmente separar um tempo da sua aula para isso, ou combinar com os alunos um dia específico.

Veja aqui um exemplo dessa atividade com os alunos da Escola Estadual Professor Miguel Omar Barreto



Para essa atividade de recomendar livros, você também pode organizar um RSS com indicações e resenhas de livros. Pode ter uma publicação semanal, ou até mesmo diária.

Uma outra dica muito legal para recomendar livros é utilizar cartazes pela escola, e virtuais!! Cartazes com a montagem tendo como referência a temática da publicação que está sendo recomendada, juntamente com um convite para ler o livro. Nos cartazes eles explicarão para os outros alunos o motivo pelo qual o livro merece ser lido.

Para conhecer uma ferramenta para fazer cartazes pras atividades pedagógicas com visual profissional, clique aqui!

Lembre-se que os cartazes também podem ser feitos por alunos de diferentes turmas, se forem do mesmo livro ou publicação!



5 - Crie concursos

Escolha um tema, leia um texto relacionado. Crie um clima interessante e faça um concurso de escrita. Pode ser um concurso literário, ou um concurso de desenhos, de músicas ou de paródias!! Se for apresentado para toda a escola ou alcançar mais pessoas, será ainda melhor!

Poste os textos em uma rede social ou blog e depois faça uma votação.

Pode ser online, quem tiver o maior número de curtidas e comentários ou você pode colocar uma urna e cédulas para que os alunos votem. Garanta que tenham lido os textos, coloque - os em cartazes com fotos dos autores, distribua cópias para que os estudantes leiam, enfim, esse planejamento fica a seu critério colega.



6 - Use as mídias sociais

Hoje os adolescentes estão muito expostos a uma grande quantidade de informação que passa de forma muito efêmera pela realidade de cada um. O tempo do rolar pra baixo a tela do facebook no celular é suficiente pra muita informação, mas podemos encontrar locais onde existam textos mais elaborados. Como é o caso do Wattpad, uma rede social onde os jovens escrevem verdadeiras novelas, e tem milhares de seguidores. Já tive vários alunos que escreviam no app. Clique aqui e conheça mais.

Você pode fazer aquela leitura de trecho de alguma obra escrita no wattpad por exemplo, ou de outro aplicativo que os alunos indicarem.

Se for usar facebook ou twitter, encontre as páginas oficiais de instituições de ensino e pesquisa, ou as mais confiáveis dentre aquelas que atendem ao seu conteúdo! Encontre também as páginas das editoras de livros, pois assim os alunos terão acesso à trechos de lançamentos de livros e podem até ganhar descontos..



7 - Apresente sites de recomendação de livros

Vale também visitar com eles em alguma aula no laboratório de informática alguns sites de recomendação de livros, existem muitos, a maioria é gringo, mas geralmente dá pra usar tranquilamente com o tradutor do navegador

O primeiro é Biblionasium que é um site bem agradável e serve justamente para pequenos leitores compartilharem suas indicações de livros.

Tem também o GoodReads, que é praticamente uma rede social de leitores que compartilham impressões e recomendações sobre as leituras!

E tem o Skoob, que é o único brasileiro que conheço neste segmento, mas é muito bom e tem muitos títulos que podem ser familiar aos seus alunos!! É também uma rede social de leitores.

É interessante também mostrar a eles e elas que existem canais de youtube só de recomendações de livros, muitos não tem noção de que existe algo assim. É com certeza mais uma porta aberta para o caminho do hábito da leitura. Clique aqui e conheça pelo menos 25 deles.



8 - Leitura ao Pé do Ouvido - Rodas de Leitura com Crianças menores

Escolha um tema, literatura africana, lendas, contos ,enfim, escolha com sua turma. Vá até a biblioteca da escola, se não tiver, vale uma visita a biblioteca mais próxima. Selecione os textos, disponibilize aulas para que os estudantes se apropriem dos livros infantis, discuta com eles as mensagens explícitas e implícitas. Garanta que vejam os detalhes das ilustrações.

Assista com seus alunos vídeos de contação de Histórias. Há muitos no youtube. Diga para que reparem na entonação da contadora ou do contador, na postura e nos objetos que utilizam. Peça para que seus alunos ensaiem para contar historias para crianças menores.

Faça parcerias com colegas do Fund I , crie um ambiente agradável e diga a seus alunos adolescentes para que leiam livros para as crianças. Esse projeto foi criado por uma professora Incrível chamada Cidália, da Emef Fagundes Varella.



9 - Use quadrinhos

Histórias em Quadrinhos são ferramentas fantásticas pra incentivar a leitura. Tem linguagem escrita e visual, facilita o entendimento por conta da fácil contextualização, tem inúmeros temas que podem ser utilizados e são facilmente editáveis.

Histórias em quadrinhos são indicadas para todos, desde Fund I até EJA, ensino de idiomas,  técnico e etc..

Pesquise junto aos alunos os quadrinhos que eles conhecem atualmente, traga alguns que você tenha ótimas referências. Pode ser um que aborde mesmo que indiretamente algum conteúdo programático, ou pode ser só uma inspiração para alguma atividade.

Existem inúmeras formas de utilizar quadrinhos como recurso pedagógico. Já falamos sobre isso em um artigo, clique aqui e veja, tem até um mini curso.



10 - Escreva um livro com eles

Hoje em dia é possível escrever um livro digital, ou eBook com um simples powerpoint! Existem diversos recursos digitais que facilitam essa tarefa e ela também pode ser cumprida com alunos das séries iniciais e mais velhos.

Você pode pedir que salvem algum conteúdo durante um ano, ou durante um bimestre mesmo, e que ao final do período determinado virará um ebook que pode ser compartilhado com outras turmas, com os pais, cou outras escolas...
Ter a experiência de escrever um livro pode ser muito marcante e com certeza influenciará em seu habito de leitura
Clique aqui e veja o artigo que escrevemos sobre este tema!




Você tem mais alguma dica de atividade para incentivar a leitura, ou alguma experiência aí na sua escola ou na sua região?

Deixe suas ideias nos comentários abaixo!

Grande Abraço!

15 sites com jogos para alfabetização, letramento e vocabulário

Olá colega professora!
Olá colega professor!

Paulo aqui novamente para compartilhar com vocês alguns sites bacanas que eu e Denise coletamos em conversas com colegas e uma boa pesquisa na internet! Então, eu não sou de escolher um site que as crianças olhem sem pensar, selecionei sites que ajudem a modelar as habilidades que geralmente são exigidas dos jovens.



Sites como estes podem ser usados de diversas formas. Você pode levar os alunos até o laboratório de informática e acessar com eles o site. Não se esqueça de preparar a aula antes navegando bem pelo no site, dando atenção às partes que mais tem relevância com seu conteúdo.

É possível ainda utilizar como tarefas de casa ou trabalhos mais complexos como pesquisas e apresentação. Trabalhos em grupo também dão muito certo, pois a interação entre os alunos e o trabalho colaborativo geram muitos frutos positivos para a atividade
.

Antes eu queria te convidar a conhecer nosso eBook, com dicas práticas para que você comece a utilizar recursos digitais em suas aulas! Clique aqui!

Bem, agora vamos à lista!



Vamos começar pelo preferido da minha esposa Denise. É um site fantástico com diversos jogos, principalmente de Lingua Portuguesa e Matemática



Site com atividades diversas atividades de alfabetização. Muito bom



 Agora este é o meu preferido. Conheço este site a mais de 12 anos. Além de ser superdivertido e viciante, com certeza pode ser utilizado para alfabetização



Uma situação interessante, este é um site de um buffet, mas contém um link para alguns jogos muito bons para uso pedagógico. Confira!

Site já citado pela gente aqui que tem um conteúdo muito útil para docentes!


  Este é um dos melhores, a professora compartilha conosco as suas atividades com alunos do 1° ano e tem atividades muito legais. Aproveite!


(link patrocinado)

Nosso Clubinho
Outro site fantástico, com jogos, atividades e ideias para professores. Existem inclusive atividades de alfabetização interdisciplinares!!




Site que também já foi citado aqui no blog para exercícios de matemática. Exercícios divertidos e úteis para professores de português e professores alfabetizadores! Serve também para professores do idioma inglês!


Este site é bem completo, com diversas opções de jogos de letramento, inclusive separado para professores do idioma inglês também!



(link patrocinado)

Site também conhecido, existe inclusive uma versão chamada Sómatemática. Muitos jogos divertidos, inclusive uns geradores de caça palavras.


Este é ainda mais curioso. Badajoz é uma província espanhola que foi historicamente ocupada por portugueses, então este é um dos idiomas da região. E o site é muito legal para trabalhar lusofonia em diversos aspectos. Além de ser muto interessante para o aluno ter contato com sites gringos e ainda mais nesta situação!


Este site e de Portugal então já se prepare para algumas diferenças no vocabulário, mas vale pena pois é um endereço riquíssimo em atividades diversas para trabalhar com nosso idioma. É uma boa dica para trabalhar com EJA, já que tem um visual menos infantil!



 Site que traz em minúcias todas as mudanças do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. Tem também vários tira-dúvidas sobre expressões comuns..



Site simples, mas com uma quantidade enorme de jogos e atividades de alfabetização na língua Portuguesa e também outros idiomas. Tem também atividades de Matemática!

(link patrocinado)



Por último, este portal educativo incrível, com diversas atividades para todas as disciplinas, e também para Alfabetização! Este pode ser indicado para qualquer professor sem medo de errar! E como já escrevi, tem atividades para todas as disciplinas!!!




Bom, eu tenho certeza que esse material vai servir a ótimos usos pelas professoras e professores alfabetizadoras(os) e também aos e às profs que lecionam no fundamental II, médio e também no Ensino de Jovens e Adultos(EJA).


Se você conhece outro site legal, escreve aí nos comentários que a gente atualiza a lista.


Se você tem algum relato interessante de prática utilizando sites como estes, compartilha com a gente também aí nos comentários. Você pode ajudar centenas de outros docentes que virão e lerão seu comentário!


Por hoje é isso!


Grande Abraço gente!!!





Dica de Filme: O Substituto!!


Clique aqui para ver o filme no Youtube

Olá colegas, vamos iniciar um hábito por aqui, todas os sábados uma postagem sobre um filme que seja relevante pra nossa temática de educadores e que esteja disponível no Youtube, por que tem muitos filmes que valem a pena ser comentados, mais do que só simplesmente citados em nossos posts.

O filme com o qual começaremos esse hábito se chama "O Substituto", título em português que apesar de ter tudo a ver com o filme, não condiz exatamente com o título original em inglês e que é mais profundo. Em inglês é "Desapego"!



Importante dizer que é um filme super denso, e que se você estiver abalado psicológicamente de alguma forma é melhor deixar pra assistir depois.

A história se desenrola em torno do Sr. Barthes, que é um professor que dá somente aulas de substituição para não se apegar a ninguém e assim não se relacionar com os problemas dos alunos, a vida de outros

professores e os problemas das escolas. A despeito disso , ele é um ótimo docente que faz mais do que lhe e pedido, que é ater-se ao conteúdo. Ele pretende fazer seus alunos pensarem a vida e tem certo sucesso nisso!

O pano de fundo é o colégio atual onde o Sr. Barthes irá passar os próximos 30 dias. Lá ele inexoravelmente se vê envolvido direta ou indiretamente na vida de várias pessoas, o que nos fará lidar com dramas fortes e intensos para mostrar que o cotidiano do professor continua depois que ele sai da sala de aula. Seus anseios, medos, confusões pessoais se misturam com a vida profissional quase sempre sendo retratada com dificuldades muito parecidas com as de nós docentes do Brasil.

A experiência profissional do Sr. Barthes irá se misturar com sua vida pessoal através do contato com três mulheres... Uma professora colega de trabalho, uma aluna e uma menina bem jovem que se prostitui nas ruas. Enquanto isso o filme vai mostrando de forma bem crua diversos problemas enfrentados por professores que, sinceramente você vai logo identificar casos semelhantes que provavelmente já ouviu falar também!


O sr. Bates segue sua vida carregando também alguns traumas familiares e esse é o gancho para mostrar também que nós docentes além de termos a obrigação de "estar lá" para os alunos, também travamos nossas guerras diuturnamente, uma situação que dificilmente é levada e conta no cotidiano escolar até que um professor ou professora tenha uma crise ou algo assim.

Outra parte que o filme aborda e que vocês vão reconhecer é a ausência da família na vida escolar. E isso se reflete em violência e stress.... Aí fica uma das reflexões, eu acredito! Devemos apesar de tudo manter nossa sanidade, pois não estamos sozinhos nessas adversidades. A ausência do Estado também se mostra no filme de forma muito interessante. Os superiores insistem que a diretora aumente os índices na escola, mas a preocupação não é, nem de longe com a educação das crianças.



 O lado psicológico dos professores é densamente exposto e nos lembra inclusive que não podemos nos deixar levar pela desesperança a ponto de nosso discurso começar a ser belicoso, ou de ódio!!



Apesar do desapego com que prefere lidar em todas as suas relações pessoais, ele se vê envolvido com uma jovem professora, também com uma prostituta que apesar de não sabermos a idade, aparente ser mais nova que suas alunas da escola. A sua relação com ela é algo diferente, como pai e filha ou talvez dois irmãos! E por último com uma aluna depressiva que sofre bullying.

Bem, é um filme que pretende e consegue retratar de forma crua as dificuldades de ser docente, não é um filme para te dar grandes esperanças, ele serve a outro propósito que é fazer refletir como terceira pessoa sobre problemas que passamos no cotidiano. Assistam o filme sabendo que você é só um espectador e a partir daí, você terá uma perspectiva diferente do que quando está no olho do furacão!!

Bem, esperamos que você tire boas reflexões do filme! Nos conte nos comentários por favor!

Links que podem te interessar depois de ver este filme:
  * 10 dicas para se tornar um professor ou professora mais confiante
 40 Estratégias Para Motivar Seus Alunos Em Sala De Aula
 * Vc é professor Substituto? Eis algumas ideias pra suas aulas!

Se você tiver alguma indicação de filme sobre docência e que esteja disponível no youtube, deixe nos comentários. Pode ser o filme da semana que vem!


Grande abraço e até a próxima!