quarta-feira, 28 de maio de 2014

A escola e o mundo lá fora



        Carteiras, fileiras, prédios fechados como que em moldes de um presídio. Parece batida esta descrição física da escola mas mesmo nos dias de hoje ela válida. Criticada, abolida em muitos modelos, carimbada como ultrapassada. Mas o que realmente faz a diferença quando ingressamos na sala de aula? Será que necessariamente precisamos derrubar tudo para transformar a escola em um espaço agradável, estimulante e divertido para o aluno?
        A imagem que ilustra este post me fez refletir muito acerca da aula. Entendo como educação tradicional exatamente o que a imagem nos mostra. Crianças com habilidades, vontades, necessidades, vivências e curiosidades diversas tendo que engolir o mesmo conteúdo, com apenas uma resposta certa, uma única forma de refletir e de se expressar. O silêncio é mais valorizado que as perguntas ou até mesmo a alegria do convívio em sala de aula. E não importa se o aluno é criativo, talentoso e quer expressar seu processo de aprendizagem com um desenho, uma paródia, um peça de teatro, apenas redações, escrita sem erros de ortografia são aceitos.
      Com certeza o mundo lá fora é mais interessante, com suas redes sociais onde o importante é compartilhar informação todo o tempo, fazer as pessoas rirem e se interessarem pelo que "vc"tem a dizer. Fotografar o mundo , fazer expressões diferentes nas fotografias, usar um vocabulário próprio de sua geração, cheio de inovações e abreviações que são como códigos indecifráveis para aqueles que não compartilham  deste mundo novo e interessante que encontramos na internet.
         Os saberes são ainda mais variados hoje, temos alunos que são ótimos editores de vídeo, fotógrafos em potencial, comunicadores, artistas. Eles estão produzindo conhecimento todo o tempo e compartilhando, mas dentro da escola muitas vezes se tornam apáticos, porque? Será que o que oferecemos não é dinâmico e interessante suficiente para estimular este aluno a criar , se envolver, compartilhar interesses e impressões ?
          Qual é a sua opinião? 
                                                                                  por Denise Desiderio

Nenhum comentário:

Postar um comentário