quarta-feira, 25 de junho de 2014

O que o mundo pensa sobre a influência da Tecnologia na Educação

Olá professores e professoras!
Recentemente a Intel divulgou os dados de uma pesquisa sobre como as pessoas esperam que as inovações tecnológicas interfiram na sua vida. 
É claro que devemos levar em conta que o interesse deles é comercializa seus produtos em primeiro lugar, mas não deixa de ser interessante analisar os dados.
A chamada “Intel Global Inovation Barometer” (algo como Medidor de Inovação Global) entrevistou 12,000 pessoas com mais de 18 anos. Foi uma pesquisa feita online pela Peen Schoen Berland à pedido da Intel no Brasil, China, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão e Estados Unidos entre os dias 28 de julho e 15 de agosto de 2013
 Clique aqui para ler mais sobre o assunto
Clique aqui para saber mais sobre o tema

A pesquisa contou a partir deste ano com uma parte destinada às percepções do uso de tecnologia na educação. O documento chamado “Classroom of the future” mostrou dados otimistas  e que levam à muita reflexão.
A porcentagem de pessoas que pensam que os professores devem se apoiar de forma mais enfática em tecnologia para melhorar os métodos de ensino é de 77% no Brasil e de 69% nos outros países.
Em relação à sala de aula, 82% dos brasileiros pensam que em no máximo 10 anos as atividades online farão parte como atividade complementar no ensino fundamental.  Uma grande parte, 66% acha que neste tempo as provas impressas serão abolidas e as avaliações serão feitas somente em ambiente virtual (isso sim vai dar discussão, mexer com avaliação de professor é coisa séria!! rss). Os alunos deverão obrigatoriamente portar tablets nas salas de aula, é o que pensa 55% dos entrevistados.
           Pode parecer maluquice isso tudo, para nós professores que sabemos de todas as dificuldades dentro da escola pelas coisas mais simples. Mas devemos lembrar que 10 anos atrás o facebook estava sendo lançado, e hoje ele domina o mercado mundial. Quer dizer, quando se trata de tecnologia, muita coisa pode acontecer em um curtíssimo espaço de tempo.


       A parte mais legal é que 65% dos brasileiros acham que a tecnologia vai ajudar a aproximar professor e aluno em sala de aula, tornando uma relação mais forte e de maior respeito. Para 79%, os softwares disponíveis para educação irão ajudar ao professor a dedicar mais tempo ao estudante, para um ensino personalizado

.

        No geral, 60% dos entrevistados pensa que o ensino com o uso de tecnologia vai transformar o processo educacional em experiência pessoal, social e colaborativa.

        Essa parece ser mesmo a tendência!

        E você, o que acha?


Nenhum comentário:

Postar um comentário